30 de nov de 2009

Segunda à Sexta.

Acordo, mais um dia, estou atrasada, não dá tempo de pensar.
Banho, roupa, material, bolsa, celular, chave...
Opa, volta, cachorro, xixi, coleira, saquinho, corre.
Agora sim: material, bolsa, celular, chave...
Aula, muita matéria, gosto do assunto, mas ele fala, fala, fala...absorvo o que me interessa e ponto.
Intervalo, engulo alguma coisa, se é que dá tempo, próxima aula, trabalho pra apresentar, tá incompleto, reúne com o grupo, entra na sala, exibe, tira nota boa (ufa).
Sair correndo, atrasada de novo, trabalho.
Então tá, trabalha, trabalha, trabalha, 1h de almoço, engole mais qualquer coisa, adianta alguns trabalhos pra aula de amanhã, não dá pra deixar acumular, é um fato, que a gente por mais que saiba, aprende na marra.
Trabalha, trabalha, trabalha, ri com o pessoal, aprende mais um pouco, ensina mais um pouco.
19h. Acabou?
Ahn? Acabou, pra quem?
Anda da Mauá até a XI, busão lotado, ou metrô abarrotado, anda mais uns 15 min, enfim, pouco mais de 1h até chegar em casa, banho, comida de verdade, cachorro, xixi, coleira, saquinho, calma...
Uma olhada na net, pesquisa, trabalhos pra aula, Orkut, galera, flerte.
Segunda a Sexta.
Não tem espaço pra você.
O fim de semana depois eu conto, mas acredita, também não tem espaço pra você.





(obs.: Dedicado à Ti e à Bruna, meus “chãos” no momento de desespero, no momento, surtando. A Bruna precisa ensinar à Ti o fundamento do Draminha ( um dia falo sobre isso ). A Ti tem mais a cabeça no lugar, é mais racional, mais sensata, mas quando gama, lascou. Acho que é ócio, não que o sofrimento dela não seja real, é, e muito, por isso acho que ela precisa se ocupar.
A Bruna trabalha, muitas horas, até, mas ela mesma anda sem muita perspectiva, tá meio no pique de Tempos Modernos, do Chaplin, então não adianta de muita coisa. Ela é meu sunshine, mas passa tempo demais querendo ser especial pra alguém, tão ocupada com isso, que ela mesma se ofusca.
Gente, não pode, nenhuma de vocês duas.
Amo vocês. Fiquem bem. A Ti falou a mais pura verdade, dói, mas isso passa, só não vale ficar futucando a ferida, porque doer, vai doer de qualquer jeito, só que assim, dói mais tempo e o outro num tá nem aí...).

2 comentários:

  1. AMEEI! só não gostei do fato de você não me achar sensata! HAHAHAHAH
    te amo sunshine, nunca mais te ligo daquele jeito que liguei no sábado! JURO!

    ResponderExcluir
  2. MO doxe! melhor pulo sempre foi o nosso.
    Apesar de tudo. BRIGADO BRIGADO BRIGADO!

    ResponderExcluir